Coronavirus

Coronavírus - Covid-19

Ligue-nos para uma Inspecção Gratuita para o 808 223 224  ou Contacte-nos

Coronavírus - Covid-19

A Initial compilou algumas perguntas frequentes sobre o Coronavírus -Covid-19, as suas respostas e conselhos quanto a comportamentos que deve adoptar como medidas preventivas da doença.

O que é um vírus?

É material genético (cadeias de ácidos nucleicos revestidas por proteínas), parasita de uma célula de um ser vivo hospedeiro. Não tem capacidade metabólica independente, não se replicando sozinho. É estruturalmente simples e não subsiste por si. Não é considerado um ser vivo, ao contrário de uma bactéria.

O que são Coronavírus?

Os Coronavírus são uma família de vírus conhecidos por causar doenças infecciosas no Ser Humano. A infecção pode ser semelhante a uma gripe comum ou apresentar-se como doença mais grave, como pneumonia. Os Coronavírus recebem esse nome devido à característica coroa que apresentam quando vistos ao microscópio. Entre os Coronavírus encontra-se também o vírus causador da forma de pneumonia atípica grave conhecida por SARS, o MersCov, e o novo Coronavírus.

O que é o novo Coronavírus (SARS-CoV-2)?

É uma nova forma de Coronavírus, designado por SARS-CoV-2. Foi identificado pela primeira vez em 31 Dezembro de 2019, na China, na Cidade de Wuhan. Este novo agente viral nunca tinha sido previamente identificado em seres humanos, tendo causado um surto na cidade de Wuhan. A fonte da infecção é ainda desconhecida.

Pode ser grave?

Em casos mais graves, pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

Quais os sintomas?

As pessoas infectadas podem apresentar sinais e sintomas de infecção respiratória aguda como febre, tosse e dificuldade respiratória.

Pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

Como se transmite?

A transmissão de pessoa para pessoa está confirmada, mesmo no período de incubação (antes da manifestação de sintomas).

A transmissão de animal para ser humano também é considerada como altamente provável, no momento.

Desconhecem-se todos os pormenores das formas de contágio. O contacto físico com pessoas infectadas, o ar expirado/inspirado e o contacto indirecto, através de objectos contaminados, são consideradas, de momento, formas de contágio, assim como o contacto com animais infectados.

Qual é o período de incubação?

O intervalo de tempo entre o contágio e o início dos sintomas - conhecido como período de incubação - pode variar de 1 a 24 dias. A transmissão do vírus pode acontecer antes dos sintomas se manifestarem, ou seja, logo no primeiro dia (ou seguintes) depois do contágio, quando a pessoa não sabe que está infectada, porque não apresenta sintomas.

Que risco corremos?

A propagação do vírus na Europa é provável. Uma vez que a origem do vírus ainda esta por confirmar e a transmissão entre Seres Humanos esta documentada, são esperadas mais pessoas infectadas e mais mortes.

Provisoriamente, observa-se uma percentagem de 2% - 3% - 4% de taxa de mortalidade nas pessoas infectadas.

A 30 Janeiro de 2020 - Segundo recomendação do Comité de Emergência, o Director-Geral da OMS declarou o surto do novo Coronavírus uma Emergência de Saúde Pública Internacional.

Declaração da OMS: https://www.who.int/news-room/detail/30-01-2020-statement-on-the-second-meeting-of-the-international-health-regulations-(2005)-emergency-committee-regarding-the-outbreak-of-novel-coronavirus-(2019-ncov)

Podem ser infectadas com o Coronavírus pessoas de todas as idades. Pessoas mais velhas, com condição médica fragilizada (como asma, diabetes, doença cardíaca) e/ou sistema imunitário debilitado, são mais vulneráveis e manifestam sintomas de maior gravidade.

Existe vacina?

Não existe vacina. Sendo um novo vírus, estão em curso as investigações para o seu desenvolvimento.

Os antibióticos resultam no tratamento ou prevenção desta infecção viral?

Não. Os antibióticos não são eficazes contra vírus, apenas bactérias.

No entanto, se estiver hospitalizado com uma infecção por SARS-CoV-2, pode receber tratamento com antibiótico, por estar com uma coinfecção (bacteriana) secundária.

Como me posso proteger?

Nas áreas afectadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda, a pessoas de todas as idades, medidas de higiene, etiqueta respiratória e práticas de segurança alimentar para reduzir a exposição e transmissão da doença.

Estes mesmos comportamentos devem ser adoptados como medida de precaução em Portugal, por todos:

  • Evitar contacto próximo com doentes com infecções respiratórias;
  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão, especialmente após contacto directo com pessoas doentes, e/ou higienizar com solução desinfectante;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir com água e sabão e/ou higienizar com solução desinfectante;
  • Evitar contacto desprotegido com animais selvagens ou de quinta;
  • Adoptar medidas de higiene respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Se tiver febre, tosse ou dificuldade respiratória, procure cuidados médicos e partilhe o seu histórico de viagens com os profissionais de saúde;
  • Se tiver de visitar mercados com animais vivos, nas zonas actualmente afectadas, evite contacto directo desprotegido com animais ou superfícies em contacto com animais;
  • Evite o consumo de produtos de origem animal crus ou mal cozinhados. Carne crua, leite ou órgãos animais devem ser manuseados com cuidado, adoptando todas as medidas de higiene que evitem contaminação directa e cruzada.

Vou viajar. O que devo fazer?

Siga sempre as recomendações da OMS nesta página: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/travel-advice

Quem deve ser testado para o novo Coronavírus?

Doentes com, pelo menos, um dos seguintes sintomas:

  • tosse
  • dor de garganta
  • dificuldade respiratória

e, simultaneamente, nos 14 dias anteriores à manifestação de pelo menos um desses sintomas preencham pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Tenham tido contacto próximo com um doente infectado com o SARS-CoV-2(exposição em ambiente hospitalar ou clínico, colegas de trabalho, partilha do mesmo espaço de trabalho ou convivência, viajarem juntos, ou qualquer outro tipo de convivência ou co-permanência no mesmo espaço);
  • Tenham um historial de viagens às áreas afectadas pelo Coronavírus;
  • Tenham trabalhado ou estado em instalações onde estivessem a ser tratados doentes com o Covid-19.

Onde encontro mais informações?

https://www.ecdc.europa.eu/en/novel-coronavirus-china

https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0022020-de-25012020-pdf.aspx

Até que o Coronavírus seja cientificamente compreendido, poderá fazer o download do nosso folheto sobre as medidas recomendadas de higiene das mãos para prevenir a propagação de vírus

Próximos Passos

Encontre a Sua Delegação